terça-feira, 16 de junho de 2015

ESTADO DO RIO E CHINA ACERTAM NOVAS PARCERIAS COM PRIMEIRO-MINISTRO CHINÊS

Fábrica de trens, estaleiro e escola técnica fazem parte dos novos investimentos

 22/05/2015 - Governo do Estado do Rio de Janeiro

Em reunião realizada nesta sexta-feira (22/5), no Palácio Guanabara, o governador Luiz Fernando Pezão e representantes do governo chinês e as empresas CNR Corporation Limited, CNR Changchun Railway Vehicles Co. Ltd. e China National Import and Export Corporation acertaram novos investimentos no Rio. O acordo prevê a instalação de uma fábrica de trens, um estaleiro e uma escola técnica no estado.

- As parcerias firmadas, em decorrência da visita do primeiro-ministro chinês, colocam o Rio como porta de entrada dos investimentos chineses no Brasil. Isso resultará em geração de emprego e renda, além da oportunidade de transformar o nosso estado no centro de formação de profissionais para o sistema ferroviário para todo o Brasil - afirmou o governador.

A empresa NCC International, uma das maiores construtoras e fornecedoras de equipamentos pesados do mundo, instalará no Rio de Janeiro uma divisão para participação em projetos de construção pesada e projetos de saneamento no Brasil. Os empresários chineses afirmaram ter interesse em participar do financiamento de programas de saneamento que o estado pretende desenvolver na Baixada Fluminense e São Gonçalo.

Já a empresa China Shipbuilding Industry Corporation, holding do grupo chinês que está fornecendo as novas barcas para operar no sistema aquaviário do Rio, apresentou ao Estado proposta para a instalação de um estaleiro. A base de operações no Rio poderá atender também outros mercados brasileiros e sul-americano.

Com relação ao setor metroferroviário, a CNR Corporation, empresa fornecedora das composições chinesas para os trens e metrô do Rio, reafirmou o compromisso de instalar uma fábrica de trens no Rio de Janeiro.

Uma parceria com a Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec) também foi firmada para a criação de uma escola técnica voltada à formação e treinamento de pessoal para a indústria ferroviária. Os programas abrangeriam treinamento e qualificação de profissionais na área metroferroviária, além de formação técnica de jovens para ingresso no setor. A colaboração inclui transferência de conhecimento da Universidade do Trem, da China. Pelo acordo, jovens brasileiros também terão a oportunidade de obtenção de bolsas de estudo para formação técnico-profissional em sistema de intercâmbio no país.

O acordo com a CNR inclui, ainda, a participação da empresa no projeto da nova ferrovia ES-118 Rio-Vitória, em parceria com os estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo. A CNR manifestou ainda interesse em participar do financiamento e execução da renovação dos 270 quilômetros de trilhos da rede de trens urbanos do Grande Rio.

- Os acordos com a China representam também uma nova oportunidade de melhorias para o transporte de massa da Região Metropolitana e ajudam a consolidar o projeto da nova ferrovia Rio-Vitória, que é estratégico para transformar o Rio no grande centro logístico do Sudeste e, consequentemente, do Brasil - disse o secretário estadual de Transportes, Carlos Roberto Osorio, que também participou da reunião.

Os secretários de Ciência, Tecnologia e Inovação, Gustavo Tutuca, e Desenvolvimento Econômico, Energia, Indústria e Serviços, Marco Capute, participaram do encontro. Além de Osorio, eles também serão responsáveis por acompanhar a implantação das parcerias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário