quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Bolsonaro dá apoio a Aldo Rebelo para a Defesa

19/12/2002 - Folha de S.Paulo, em Brasília

Defensor da pena de morte, o deputado federal e capitão da reserva do Exército Jair Bolsonaro (PPB-RJ) apareceu de surpresa ontem na Granja do Torto para fazer lobby pela indicação do deputado comunista Aldo Rebelo (SP) para a Defesa.

"Vim tentar um espacinho na agenda do Lula para desmentir essa história de que o Aldo tem restrições nas Forças Armadas. Pelo contrário, é uma pessoa que entende do assunto e tem grande respeito", disse ele, que votou em Ciro Gomes (PPS) no primeiro turno e em Lula, no segundo.

Segundo Bolsonaro, não é estranho um representante histórico da direita trabalhar em favor de um esquerdista. "As coisas mudaram. Hoje, comunista toma uísque, mora bem e vai na piscina."

Sem horário marcado, o deputado esperou por 45 minutos por uma chance de falar com Lula, mas ela não apareceu. No meio da tarde, com o início de uma forte chuva, ele foi embora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário