terça-feira, 19 de maio de 2015

Golpe Comunista

1968

AGENTES SOCIALISTAS

Fernando Henrique, após exílio voluntário em 1964, retorna ao Brasil e assume a cátedra de Ciência Política da USP.

GUERRILHA COMUNISTA

Em 1968 é criado o Comando de Libertação Nacional (Colina) em Belo Horizonte, executando na pacata capital mineira vários assaltos e atentados à bomba. A população assustada passa a exigir ações imediatas do governo para acabar com a violência praticada pelas guerrilhas. O regime militar, atendendo ao clamor popular, cria o Ato Institucional Nº 5 (AI-5) .

No dia 26 de junho, membros da Vanguarda Popular Revolucionária (VPR) lançaram um carro bomba contra o Quartel General  do II Exército em São Paulo, matando o soldado Mário Kozel Filho de 18 anos, e ferindo gravemente outros seis militares. 

No dia primeiro de julho, o Comando de Libertação Nacional (COLINA), do qual participava Dilma Rousseff, mata o major do Exército da Alemanha Ocidental, Edward Ernest Tito Otto Maximilian Von Westernhagen.

No dia 12 de outubro, o capitão do Exército dos Estados Unidos, Charles Rodney, é fuzilado na porta de sua casa, diante da mulher e dos três filhos pela VPR  (Vanguarda Popular Revolucionária), da qual Dilma Rousseff  fazia parte.


1969

MARXISMO CULTURAL

O Regime Militar, dentro de seu programa, oculto,  de implantação do “Marxismo Cultural” no Brasil, suspende as matérias de Filosofia e Sociologia no ensino médio, sendo substituídos pelas matérias de OSPB e Moral e Cívica, ministradas por professores selecionados pelo Regime. A proposta era evitar que a juventude questionasse sua própria sociedade passando a receber maciça doutrina oficial do regime vigente. O ensino de OSPB e Moral e Cívica é suspenso em 1988.

Fundação do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (CEBRAP), uma instituição de estudos e pesquisas em sociologia, sociologia, política, filosofia, economia, antropologia e demografia, com sede em São Paulo. Foi fundado por professores da Universidade de São Paulo afastados pelo Regime Militar. O CEBRAP era financiado pela Fundação Ford (Elite Global), mas  tinha linha de ação  “marxista”. Fernando Henrique Cardoso fez parte do grupo inicial de pesquisadores.

MÍDIA

No dia primeiro de setembro, o Jornal Nacional passa a ser transmitido em rede nacional.

No dia 12 de setembro, através do Decreto Lei Nº 862, é criada a Empresa Brasileira de Filmes Sociedade Anônima (EMBRAFILME), uma empresa estatal, com o objetivo de fomentar a produção e distribuição de filmes brasileiros, incluindo eróticos, desconstruindo a família e a cultura brasileira. Entre as produções podemos destacar: " A Dama do Lotação" (1976), "Tudo Bem" (1978) e "Os Sete Gatinhos" (1980). Na mesma época surgem os filmes de "pornochanchada", entre outros,  de produção independente. Depois do estrago feito, quando o filme nacional já era sinônimo de "sacanagem", a Embrafilme é extinta no dia 16 de março de 1990, dentro do programa de "desestatização" do Governo Collor.

GUERRILHAS COMUNISTAS

Em 1969, Carlos Mariguela, desafiando às Forças Armadas lança o Manual de Guerrilha Urbana:

"O terrorismo é uma arma que o revolucionário não pode abandonar."(Mariguella, 1969, p. 46)

Em 1969, somente no Rio de Janeiro as guerrilhas realizam mais de 30 assaltos.

No dia 4 de setembro, a Guerrilha MR-8 sequestra o embaixador estadunidense Charles Burke Elbrick, exigindo a troca por 15 terroristas presos, entre eles José Dirceu do PT.  Deste ato participaram, dentre outros, o atual presidente nacional do PPL, Sérgio Rubens, Franklin Martins e Fernando Gabeira. Mais tarde os membros dessa mesma guerrilha fundarão, em 2009, o Partido da Pátria Livre (PPL).

No final de 1969, em São Paulo, Carlos Maringuela reage ao cerco da polícia sendo morto. Depois de sua morte centenas de guerrilheiros foram presos. Inspirados no marxismo cultural vários militantes da esquerda passam a trabalhar nas redações de jornais, entidades de ensino e no meio artístico e cultural. Todas essas entidades já estavam controladas pelo regime militar para a chegada dos agentes “marxistas”. Se o  regime militar por um lado perseguia os guerrilheiros, por outro lado, ele mesmo era conivente com o trabalho de agentes comunistas nas principais instituições do país, ou seja, eram aliados. Não podemos esquecer que foi graças ao movimento de guerrilha que houve o golpe militar.


Guerrilhas Comunistas da época:

ALN - Ação Libertadora Nacional, 
Ala Vermelha do PC do B, 
Molipo – Movimento de Liberdade Popular, 
MR-8-Movimento Revolucionário 8 de Outubro, 
MRT – Movimento Revolucionário Tiradentes, 
PCBR – Partido Comunista Brasileiro Revolucionário, 
REDE – Resistência Democrática, 
VPR -Vanguarda Popular Revolucionária, 
VAR-PALMARES – Vanguarda Armada Revolucionária Palmares, 
COLINA – Comando de Libertação Nacional
POLOP – Política Operária
POC – Partido Operário Comunista


FICHA CRIMINAL DE DILMA ROUSSEFF EM 1969



Nenhum comentário:

Postar um comentário